"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
17/04/2016 14h04
FORA TODOS ELES: DILMA, LULA, TEMER, RENAN, CUNHA E AÉCIO

    O Brasil está assistindo hoje ao desacerto entre duas quadrilhas que se desentenderam no butim, na hora de assaltar os cofres públicos. O pior é que colocaram a população no meio, que não deveria ter nada com isso. Afinal, quando duas organizações criminosas brigam entre si, os moradores dessas áreas não têm nada a ganhar com isso.

    A verdade é que nenhum deles deve ficar. Seguem alguns motivos contundentes para isso.

DILMA ROUSSEFF – Praticou estelionato eleitoral, mexeu nos direitos trabalhistas, como o seguro-desemprego, e está tirando bilhões do FGTS a fundo perdido, ou seja, um dinheiro que nunca mais vai retornar para esse fundo, que é do trabalhador. Aumentou a dívida pública, que deve chegar em 2017 a 75% do PIB, enriquecendo os agiotas financeiros e empobrecendo o povo.

LULA – Foi o mentor e organizador de diversas quadrilhas que assaltaram o Erário, tanto na administração direta quanto na indireta. Propiciou o mensalão e colocou na direção da Petrobras diversos criminosos, bem como nos fundos de pensão. Recebeu das empreiteiras dinheiro de propina disfarçado como pagamento de palestras, além de outros malfeitos.

MICHEL TEMER – Responsável junto com Dilma por esse governo elitista e fracassado. Pretende implantar a terceirização da mão de obra em todos os setores da economia, bem como tirar direitos previdenciários e trabalhistas. É coautor do assalto aos cofres públicos, furtando dinheiro da saúde, da segurança pública e da educação, entre outros setores.

EDUARDO CUNHA – Um dos safados-mor da política nacional. Recebeu grandes propinas e está totalmente implicado nas investigações da Lava Jato. Gasta o dinheiro dos brasileiros com se fosse seu e está transformando Paulo Maluf em aprendiz de corrupto.

RENAN CALHEIROS – Reconhecido propineiro, já renunciou ao mandato por conta de corrupção e agora está de novo envolvido nas investigações que apontam recebimento de propina no Petrolão, já sendo réu em vários processos em curso no STF.

AÉCIO NEVES – Membro do PSDB, partido que instituiu a cobrança de propina no governo de Fernando Henrique Cardoso. Também está sendo acusado de receber dinheiro ilícito. Foi no governo de FHC que o jornalista Paulo Francis revelou o começo da corrupção na Petrobras.

FORA TODOS ELES. PRIMEIRO DILMA, DEPOIS TODOS OS OUTROS.

 

 


Publicado por Landro Oviedo em 17/04/2016 às 14h04


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)