"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
10/07/2019 23h11
A GENIALIDADE DE LOUIS PASTEUR (1822-1895)

     Para me ressarcir das mediocridades que afloram neste país, como Jair Bolsonaro, admirado e endeusado por ingênuos, alienados e espertos por natureza; depois de ver o sacripanta do deputado federal Rodrigo Maia saqueando o futuro e os anos derradeiros de milhões de brasileiros na reforma da Previdência; resolvi assistir ao filme sobre este grande gênio da humanidade, Louis Pasteur. É uma forma de me lembrar de que, na humanidade, temos gente de toda espécie. Alguns são grandiosos, outros são vermes. Também há os que são apenas desavisados.

 


Publicado por Landro Oviedo em 10/07/2019 às 23h11


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)