"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Textos


BEIRANDO O RIO

Vamos fisgar nossos sonhos
na imanência das águas
e vamos iscar peixes
como quem busca pensamentos ariscos

Nestas águas vamos largar mágoas
Como quem dá ao mar
barquinhos de papel
no leito do rio passa uma vaga
que a tudo traga e nada afaga

Sê meu confidente, rio
meu pranto abafo ao coro das tuas águas
minha mágoa nas tuas águas, rio
é um lento alento para quem quer
entregar-se ao Douro, sem desdouro.

Da série sobre desenhos de Álvaro Siza no livro "Esquissos do Douro" - Pescando nas margens do Douro - Douro Superior (p. 41)
Landro Oviedo
Enviado por Landro Oviedo em 10/05/2014
Alterado em 10/05/2014


Comentários


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)