"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
20/03/2012 18h38
"GAITA BAGUALA", DE DÉLVIO OVIEDO E MARCOS VERÇOSA DE AQUINO - BEM TÍPICA

 

     Uma gaita costuma ser o lenitivo das gentes simples do campo. Nesta canção, ela serve como um divertimento fugaz para um peão do interior dos interiores. A música é de Délvio Oviedo e a letra é de Marcos Verçosa de Aquino. O Marcos já não está mais entre nós, mas deixou-nos sua poesia coloquial e cativante. Bom proveito a todos.

Para ouvir, basta clicar abaixo:

http://soundcloud.com/landrooviedo/4-gaita-baguala-delvio-oviedo


Publicado por Landro Oviedo em 20/03/2012 às 18h38


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)