"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
04/10/2015 22h40
O NACIONAL, DE PASSO FUNDO, E O CORREIO DO POVO: UM RECONHECIMENTO

120 ANOS DO CORREIO DO POVO. Na passagem dos 120 anos do Correio do Povo, jornal mais que centenário, depois de nele ter sido revisor, professor e consultor de português e, há uma década, ocupar a função de editorialista, quero agradecer a toda a equipe e colaboradores do jornal O Nacional, de Passo Fundo, o veículo que abriu as portas para que eu ingressasse no jornalismo pela primeira vez, ainda na década de 80. Meus agradecimentos incluem o jornalista e colega advogado Celestino Meneghini; a ex-colega do curso de Redator, jornalista Zulmara Colussi; a Clarice Castro, amiga de toda uma vida; o jornalista Múcio de Castro; e, em memória, o saudoso professor Edy Isaías, que, no Colégio Estadual Cecy Leite Costa, no curso técnico de Redator, me ajudou a ver um novo caminho, junto com a professora Lúcia Saccomori Palma, igualmente de saudosa memória. Na foto, uma capa de época, da qual tive a ventura de editar, graças a uma liberalidade do editor-chefe, Celestino Meneghini.



Publicado por Landro Oviedo em 04/10/2015 às 22h40


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)