"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
09/11/2018 22h02
HEINEKEN F 1: PREFEITURA DE PORTO ALEGRE ATORMENTA O CIDADÃO

     O evento da Heineken F1, que vai transformar pistas da capital gaúcha em pista de Fórmula 1, é um daqueles casos típicos em que se esqueceram de combinar com os russos. A prefeitura de Porto Alegre, de forma leniente, permitiu que uma organização privada tivesse o condão de transformar num caos o cotidiano dos porto-alegrenses. A mobilidade urbana, um direito do cidadão, garantido legalmente por normas como a lei 12.587/2012, foi atropelada e virou letra morta. Ao todo, são cerca de dez dias de transtornos para um de atividade. É desproporcional e desprovido de razoabilidade.

     Qualquer deslocamento no horário de pico, que já é uma tragédia numa cidade com uma das maiores frotas do país, com média de um carro para dois habitantes, virou tarefa de remissão de pecados. As pessoas têm um custo extra, perdem compromissos e têm seu descanso e lazer perturbados de forma invasiva. Tudo em nome de uma administração municipal que quer impedir manifestações dos movimentos sociais na Esquina Democrática e libera tudo para um segmento multinacional. O prefeito Nelson Marchezan Júnior privatiza a cidade de forma reprovável. Dois pesos, trocentas medidas.

 

 


Publicado por Landro Oviedo em 09/11/2018 às 22h02


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)