"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
18/03/2020 23h06
SAUDADES, JOÃO FRANÇA

     Soube hoje, 18.3.2020, da morte do ator João França, que participou de muitos trabalhos importantes no teatro e no cinema do Rio Grande do Sul. Em seu currículo constam “Histórias curtas”, da RBS TV, afiliada da Globo, e filmes como “Legalidade” e “Netto perde sua alma”, no qual protagonizou uma cena que considero antológica.
     Eu sei que o desconhecimento é a regra e o reconhecimento a exceção. Mesmo assim, sempre me causou estranheza o fato de um ator da estirpe do João França não ter seu talento reconhecido para além das fronteiras do Estado. 
     Todos os que conviveram com o João França só têm palavras de carinho por sua bonomia e admiração por sua criatividade. Eu me junto a eles. Minha saudade, amigo João França. Teu brilho e tua verve cativante ficarão como lembranças que mitigarão tua ausência. Tua obra será nossa companhia e nela tu estarás presente com tua grandeza de artista e de ser humano digno e solidário. Minhas condolências à família e aos seus amigos.


Leia abaixo a matéria do jornal Correio do Povo sobre a trajetória do ator João França:

https://rl.art.br/arquivos/6891732.pdf


Publicado por Landro Oviedo em 18/03/2020 às 23h06


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)