"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
16/09/2020 23h10
CAMISETAS TEMÁTICAS

Escolha a sua. Contatos pelo WhatsApp 51 9 82291669.

Clique abaixo para escolher:
https://www.landrooviedo.com/album.php?ida=19841


Publicado por Landro Oviedo em 16/09/2020 às 23h10
 
13/09/2020 20h06
CAMPANHA PARA SALVAR OS PLURAIS

     Coitados dos plurais, tão abandonados e agora ameaçados de extinção. Cada vez mais as pessoas estão falando “os prato” em vez de “os pratos”. Até num livro didático do Ministério da Educação apareceu uma autora dizendo que esse tipo de construção, como “os peixe”, pode ser aceito. Enquanto isso, os pobrezinhos dos plurais, que tão relevantes serviços prestaram às gerações anteriores, estão condenados a desaparecer, indo se juntar ao trema em algum lugar do passado. Não deixe isso acontecer. Estamos fazendo um abaixo-assinado para evitar o fim dos plurais, fato que vai acarretar um trabalho excessivo para os artigos. Queremos que eles sejam declarados patrimônio nacional imaterial. Assine o documento abaixo, faça sua parte. Ainda é tempo de evitar essa trágica perda para o nosso ecossistema linguístico.

 

Para assinar o abaixo-assinado em defesa dos plurais, clique abaixo:

http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N18993

 

 


Publicado por Landro Oviedo em 13/09/2020 às 20h06
 
20/08/2020 23h24
RACISMO SEM QUERER

Racismo sem querer?


Publicado por Landro Oviedo em 20/08/2020 às 23h24
 
19/08/2020 22h46
LISTA CRESCENTE DAS TOLICES E FALCATRUAS DO GOVERNO BOLSONARO II

360 – CONAMAUS. O antiministro Ricardo Salles, do partido Novo (Novo?), encaminhou a aprovação de resoluções no Conama para diminuir a proteção de áreas ambientais, como em florestas protegidas e manguezais. Depois o governo Bolsonaro se queixa das repercussões negativas no exterior. Não é para menos. Essa gente é do tipo que enforca a vítima e jura que foi legítima defesa.

359 – MICHEQUE. A primeira-dama Michelle Bolsonaro está indignada com a repercussão dos cheques depositados na sua conta pelo "ex-faz tudo" da família Fabricio Queiroz e com o apelido de "Micheque". Já são quase 9 millhões de menções a esse epíteto no Facebook, Twitter e Instagram entre os dias 22 de agosto e 21 de setembro. Realmente, deve ser desagradável cair na boca do povo. Todavia, não seria mais fácil vir a público explicar os fatos do que querer intimidar as pessoas que requerem esclarecimentos valendo-se de inquéritos e ameaças?

358 – REITOR. Ver o inexpressivo deputado federal Bibo Nunes (PSL) influenciando para que Jair Bolsonaro nomeie como reitor o último colocado nas eleições para reitor da Ufrgs, umas das mais importantes universidades do país, orgulho dos gaúchos, é verificar que a educação é espezinhada e tratada com deboche pelo governo federal. O covil dos desqualificados não precisa de ciência nem de pesquisa. É por isso que são comandados remotamente pelo astrólogo Olavo de Carvalho.

357 – DISCURSO NA ONU. Jair Bolsonaro fez um discurso na ONU em que culpou índios e quilombolas pelo desmatamento e pelos incêndios em áreas de floresta e de preservação ambiental. Fiasco internacional. Foi uma manifestação infeliz em que resgatou de forma enviesada a máxima da filosofia sartreana e existencialista: o inferno são os outros.

356 – ACAREAÇÃO. Flávio Bolsonaro se recusou a comparecer à acareação com Paulo Marinho sobre vazamento de informações privilegiadas. E tenta desqualificar seu ex-aliado, de forma semelhante ao que fazem os petistas com Antonio Palocci. Gente de cama e mesa num momento, desafetos em outro. Mas, na hora do butim, se locupletam todos.

355 – DEPOIMENTO. Flávio Bolsonaro diz que não irá depor no inquérito das rachadinhas. Simples assim. “Este é um país que vai pra frente/Ô, ô, ô/De uma gente amiga e tão contente [os bolsonaristas]//Ô, ô, ô.”

354 – DEVASTAÇÃO AMBIENTAL. O vice-presidente Hamilton Mourão vive numa realidade paralela. Acha que as informações sobre queimadas e outros danos às florestas vêm de algum servidor que vaza os dados. Ora, senhor, o que existem são fatos indesmentíveis. Para esse governo, a culpa é sempre do sofá da sala. A verdade, que seria para libertar, está curtindo um cativeiro miliciano na gestão de Jair Bolsonaro e companhia.

353 – VÍDEO MICONARO. O governo de Jair Bolsonaro impulsionou um vídeo feito pelos latifundiários do Pará para negar que existam queimadas na Amazônia. Primeiro, esse vídeo pirata contraria os dados do próprio governo, uma vez que os satélites do Inpe mostram um recorde no desmatamento criminoso. Segundo, que mostram um mico-leão-dourado protegido das queimadas com o intuito de demonstrar que não existem focos de incêndio na floresta. Só que o animal apresentado não vive lá, mas na Mata Atlântica, no interior do Rio de Janeiro. Por isso, ele está são e salvo, claro. O amadorismo do ódio não é bom conselheiro e os bolsonaristas acabam vitimados pelas próprias fake news que eles adoram impulsionar. Essa gente é de um despreparo intelectual tão acintoso que me lembra de certos alunos que querem prova com consulta e com o gabarito.

352 – APELO. Jair Bolsonaro fez uma encenação indecente ao apelar para o patriotismo dos  donos de supermercado para que diminuam os lucros a fim de baixar os preços dos alimentos. Desde quando os capitalistas têm pátria? O preço do arroz, por exemplo, está nas alturas porque os produtores rurais estão exportando para a China, aproveitando a perda de valor do real perante o dólar. Os “comunistas” não comem só criança, comem o arroz que faz falta na mesa das famílias brasileiras. A classe média bolsonarista e os pobres de direita precisam entender que fazem parte do grupo de risco alvo do Setembro Amarelo.

351 – BIRUTA DE ESTRADA. Nesta lista estrelada por Jair Bolsonaro, já o comparei com biruta de estacionamento, aquele que fica se mexendo ao sabor do vento como um espantalho animado. Mas acho que devo promovê-lo a biruta de estrada. O gajo ficou mais de uma hora acenando para caminhoneiros numa rodovia em São Paulo. Uma cena patética e própria de quem pensa que está numa gincana de colégio.

350 – PACOTÃO DE IMPUNIDADE. A aproximação seletiva entre Lula e Jair Bolsonaro, ambos unidos pela corrupção de suas famílias e de seus governos, já está gerando efeitos. A indicação de Augusto Aras para o cargo de procurador-geral e a conhecida disposição dos ministros do STF Gilmar Mendes, Ricardo Lewandovski e Dias Toffoli para proteger criminosos do colarinho-branco faz parte de um acordão com futuro acórdão para livrar a cara dessa gente. Lula já começou a ser absolvido em vários processos. Bolsonaro sabe que tem um passado pela frente. Esse entendimento tácito entre as elites é uma marca registrada do país desde o Brasil Colônia. Enquanto isso, na planície, o gado pasta mansamente ou é acometido de uma febre afetuosa pelo seu corrupto de estimação.

349 – "QUADRILHA". O leitor Hamilton Penalva, na coluna do leitor do Estadão, fez um interessante cotejo intertextual com o poema "Quadrilha", de Carlos Drummond de Andrade:

Roda, roda

Jair Bolsonaro foi batizado pelo Pastor Everaldo, presidente do partido que apoiou Wilson Witzel, que foi apoiado por Flávio Bolsonaro, que tinha como advogado Frederick Wassef, que abrigou Fabrício Queiroz, que “emprestou” R$ 89 mil a Michelle Bolsonaro, que é casada com Jair, que empregou Márcia Aguiar, que é mulher de Fabrício. É mole ou quer mais?

348 – DESTEMPERADO. O antiministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que é do partido Novo e pouca gente sabe disso, cometeu um sincericídio ao dizer que o governo de Jair Bolsonaro não quer liberar verbas para combater o desmatamento, coisa que ele também não quer. Só que pegou mal, muito mal, e aí o vice-presidente Hamilton Mourão se obrigou a vir a público dizendo que não é bem assim. O agronegócio, apesar da histórica grilagem, com medo de perder mercado no exterior, tem pressionado Bolsonaro no sentido de mostrar que está fazendo alguma coisa em prol da preservação das florestas. Só que meras declarações e maquiagem de dados não revertem fatos. 

347 – O ARAS DE BOLSONARO. A manifestação do procurador-geral da República, Augusto Aras, defendendo o foro privilegiado para Flávio Bolsonaro, que antes pregava sua extinção, mostra que o poltrão Jair Bolsonaro tem um Aras.

346 – DÚVIDAS CÍNICAS. Após a chanceler alemã Angela Merkel duvidar que o Brasil vá proteger o meio ambiente e, assim, colocar em xeque assinatura do acordo entre Mercosul e União Europeia, o Ministério das Relações Exteriores (MRE), aquele do olavista Ernesto Araújo, lançou nota dizendo que não entende as críticas ao governo. Ora, é muito cinismo. Até garimpeiros foram transportados em aviões da FAB para facilitar a devastação das florestas. E olha que não é só a Alemanha. França, Bélgica, França, Irlanda e Luxemburgo, entre outros países, já viram que o governo brasileiro não é confiável. O agronegócio está de cabelo em pé por conta das estultices do rufião que ora assiste no Palácio do Planalto.

345 – PERGUNTA. Senhor presidente Jair Bolsonaro, por que a primeira-dama Michele Bolsonaro recebeu R$ 89 mil de depósitos de Fabricio Queiroz e de sua esposa Márcia Queiroz?

344 – BUFÃO E BUNDÃO. Ao criticar a imprensa que exerce seu ofício chamando os jornalistas de “bundões”, Jair Bolsonaro mostra que não tem preparo para o cargo, que não tem respostas para suas falcatruas familiares e individuais e que está mais perdido do que cachorro que caiu da mudança. Assim como não se pode lavar a água suja, também não se pode encomendar uma nova reputação. O desespero é proporcional ao rastreamento da corrupção que ronda a família organizada e o Palácio do Planalto.

343 – PORRADA. Questionado sobre os depósitos feitos pelo casal Queiroz na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, Jair Bolsonaro manifestou a vontade de encher a boca do repórter de O Globo de porrada. Isso é próprio de quem não tem argumentos, mas tem um passado de corrupção pela frente.

342 – A FANTÁSTICA LAVANDERIA. Flávio Bolsonaro comprou uma loja de chocolates e usa como lavanderia expressa. Isso não é desvio de finalidade empresarial?

341 – MEU BEM, MEU MAL. Quando Jair Bolsonaro venceu as eleições, ele, Paulo Guedes e sua equipe tinham um discurso que colocavam as coisas mais ou menos nestes termos: nós somos o bem, viemos para vencer o mal e o Congresso vai ter que nos engolir, sem negociatas e velha política. Atualmente, o discurso está bastante remodelado: eles são o mal, vieram para perpetuar o mal, o Congresso os engoliu e meteram-se todos nas negociatas, como se a velha política nunca houvera existido. O que Bolsonaro hoje diz de si mesmo é como se se reportasse a uma terceira pessoa, que nunca existiu.

340 – TODOS POR ELES MESMOS. Quando Augusto Aras emite seu parecer dizendo que o governo de Jair Bolsonaro pode investigar opositores sem base legal, dá para se tirar a temperatura do grande acordo que as elites governistas e de oposição querem negociar no país. Aras quer enquadrar a Lava Jato que pode punir os malfeitos de Bolsonaro e de sua família organizada, bem como de Lula e de seus aliados. Se considerarmos que Rodrigo Maia, o famoso Botafogo na lista das empreiteiras, também é alvo de investigação, vê-se que o cenário é perfeito para um entendimento, ao qual não deverão faltar gente de quase ilibada conduta, como Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandovski, ministros do STF. Esse time também conta com a torcida ativa de pessoal da pesada, como Renan Calheiros. O Ministério Público Federal (MPF) está sob fogo cerrado, inclusive de dentro da trincheira. Os meliantes querem transformar a Lava Jato numa peça de museu em livros e em documentários que terão pouco efeito sobre suas periculosidades e falcatruas. Com um pouco mais de espetáculo, poderão até se vitimizar como injustiçados da história.

Leia os itens anteriores no linque abaixo:

https://www.landrooviedo.com/blog.php?idb=55291

 

 


Publicado por Landro Oviedo em 19/08/2020 às 22h46
 
18/08/2020 02h17
"COM VIOLÃO TAMBÉM SE DANÇA" (MARCELO CAMINHA)

Era noite de folguedo
Que de baile ninguém cansa
Mas se extraviou o gaiteiro
Que ia animar a festança
Mas "pero", traz o Caminha
Com violão também se dança

Para conferir, clique abaixo

https://www.youtube.com/watch?v=lx52TRIJ0Ao


Publicado por Landro Oviedo em 18/08/2020 às 02h17



Página 1 de 120 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)