"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Meu Diário
24/11/2020 21h28
JAIR GAIARDO, OBRIGADO POR TUDO!

     Nesta terça-feira, uma notícia rasgou meu cotidiano com o punhal da dor e da saudade. Meu amigo, companheiro de lutas, camarada, meu parceiro Jair Domingos Gaiardo, faleceu em Passo Fundo, após um período de internação num hospital.
     Ao longo da minha vida, tenho conhecido pessoas especiais, abnegadas, solidárias e militantes por uma sociedade menos injusta e mais igualitária. O Jair é uma delas. Conhecemo-nos há décadas, quando morei em Passo Fundo. Pouco nos vemos nos últimos anos, mas a presença física não é imprescindível quando se partilham os mesmos ideais. E as redes sociais vieram para amenizar as distâncias. 
     Lutador incansável, o Jair Gaiardo fez parte de todos os movimentos sociais e manifestações significativas num período recente de Passo Fundo, do RS e do Brasil. Fui assessor de imprensa do Sindicato dos Bancários de Passo Fundo e pude conviver com ele, que tinha um diálogo respeitoso e intenso com a categoria. Seu jeito gentil era cativante. 
     Nesta hora de dor, solidarizo-me com sua família na figura da esposa Marilise Gaiardo.
     Companheiro, Jair Gaiardo, presente! A luta continua! Essa é a melhor homenagem que podemos e devemos fazer em tua memória.


Publicado por Landro Oviedo em 24/11/2020 às 21h28


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)