"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Textos


       BRAVO, ARTHUR!

     No domingo do dia 16, o menino itaquiense Arhur Padilha Patta, de 11 anos, fez história em rede nacional e elevou o nome de Itaqui ao se apresentar no The Voice Kids cantando “Não deixe o samba morrer” (Edson Conceição e Aloísio Silva), sucesso na voz de Alcione. Ele acabou conquistando os jurados por sua voz, simpatia e samba no pé e avançou no programa no time de Carlinhos Brown. 
    Arthur virou quase imediatamente uma celebridade em Itaqui, no RS e em boa parte do país. Mérito dele, dos seus pais, dos familiares e dos amigos que sempre acreditaram no seu potencial. Conheci o Arthur em Itaqui, em maio de 2018, e senti que ele estava à espera de uma oportunidade e que, se ela viesse, ele não a deixaria escapar. Foi o que aconteceu.
     Nem sempre o sucesso tem uma relação com o talento pessoal. Há muitas pessoas que têm dotes artísticos e não conseguem ser vistos. É a invisibilidade que atinge muitos artistas. Para que possam ser reconhecidos, seu trabalho precisa ser mostrado em escala, muito além de um bairro, de um barzinho ou de um teatro. Arthur teve nada mais e nada menos que a maior rede de televisão do país para divulgá-lo. Mas ele só chegou lá pelo próprio merecimento. Agora, imbuído da torcida de sua comunidade, de sua cidade, de seu Estado, ele está pronto para prosseguir. Independentemente do que venha a alcançar no programa, já é um vencedor. Sempre digo que a humildade é uma obrigação moral e não uma virtude. Humildade o nosso itaquiense tem de sobra. A virtude é a sua voz cativante. O Arthur é um bravo. Bravo, Arthur!
(Landro Oviedo)


Editorial do jornal Nossa Época, de Itaqui, em 21.2.2020.
Landro Oviedo
Enviado por Landro Oviedo em 23/02/2020
Alterado em 23/02/2020


Comentários


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)