"Como dois e dois são quatro/Sei que a vida vale a pena/Embora o pão seja caro/E a liberdade pequena" (Ferreira Gullar)
Textos


SER COMUNISTA

Um dia me chamaram de gaúcho
Indivíduo andejo, vagabundo,
Sem paradouro, encrequeiro,
Sem eira nem beira
Eu aceitei e me fiz personagem 
Incorporei valores de honra
De rebeldia
Nomeei os habitantes de um continente

Um dia me chamaram de farrapo
Sujeito maltrapilho, andrajoso
Empunhei armas contra um império
Malgrado a disparidade de meios
Eu aceitei e me fiz precursor
Acendi a centelha do Iluminismo
E fundei uma República na pampa

Agora, me vem a pecha de comunista
Os poucos que têm muito aliciam a semântica 
Dos muitos que têm pouco
Como se os pobres que nada têm pudessem
Perder tudo, talvez até o reino dos céus

Se ser comunista é ser contra 
A exclusão social, é defender o trabalho
É dizer que o capital é sanguessuga
É ser contra a privatização das riquezas
E a coletivização da miséria
Então quero dizer que sim
Que sou comunista
Que quero renovar minha inscrição nesse rol

No mais
Os facínoras, os analfabetos políticos, os incautos 
E os negacionistas podem ficar com seu verbete
Uma palavra pode ser deturpada
Mas o sonho que lhe deu origem
Nunca dependerá do que seus oponentes
A maldizem na contradita infame. 






 
Landro Oviedo
Enviado por Landro Oviedo em 22/01/2021
Alterado em 22/01/2021


Comentários


"A VIDA É BELA. QUE AS FUTURAS GERAÇÕES A LIMPEM DE TODO MAL, DE TODA OPRESSÃO E VIOLÊNCIA E A DESFRUTEM PLENAMENTE." (LEON TRÓTSKI)